quinta-feira, 24 de abril de 2014

Por quê?

Já fazem anos. Por quê?
O que pensava? Lembrou de nós?

Penso se errei ao longo do caminho.
Penso muito. Mas tanto faz...

Você sabe, a história se repete.
Eles fazem o mesmo comigo.

Diga que foi mentira...
Mas eu lembro como se fosse ontem.

Eu não queria ver você,  eu me escondi.
Poucas lembranças me doem como essa.

A mentira era você.
E eu nunca vou te perdoar.

Quem me dera se eu soubesse perdoar.

domingo, 6 de abril de 2014

Prisão interna

Amanheço e sinto
"Há algo errado"
O erro é comigo

Sufoca, aperta
Sem motivo
Prisão interna

Faz com que me esconda
Foragida
E vire correnteza

Água que foge
Pelas únicas saídas
E encontra a vida

Então sigo leve
Até mesmo livre
Apenas por enquanto