quarta-feira, 25 de junho de 2014

Desacelera

Se acalma
Que o vento da alma
Toca na palma
E segue feliz

Desacelera
Que a canção espera
Porque ela não tolera
Pressas infantis

Encosta
No meu peito e aposta
Que se eu me ver disposta
Eu não torço o nariz

Descansa
Porque nessa dança
É melhor ser criança
Do que ser infeliz

Nenhum comentário:

Postar um comentário