domingo, 31 de agosto de 2014

Afunda mente

Sem fundamento, me atento
Ao movimento arrastado e tento
Entender o vazio do momento
Que fundamenta esse meu desalento

(Movimenta essa tormenta
Segue lenta
Pouco atenta
Estrela isenta)

Isenta de brilhar contente
Desiste do sorriso quente
Fadada a seguir em frente
Sem brilho que a fundamente