sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Um e o fim

Tento dormir - não consigo
Acabou
Seus olhos não estão mais lá
Dizendo-me "até amanhã"

Quero te escutar
Mas só ouço insetos
Que me desconcentram
Acabou

Procuro seus pés
Trombo com os meus
Acabou
Sozinhos com frio

Acabou
Meus cabelos desaprenderam
A reconhecer um bom carinho
Tristes - cada pedaço meu

Mais uma noite
Caçando pistas
Para entender
O que acabou-me

Nenhum comentário:

Postar um comentário